Questões de licenciamento System Center 2012 R2

Last Updated: 23/12/2014By Tags:

Olá pessoal,

O assunto Licenciamento é sempre muito procurado e muita gente me pergunta em evento sobre licenciamento de produtos. Um dos produtos que tem chamado bastante a atenção é o System Center. Desde a versão 2012, a Microsoft mudou a forma de licenciamento do produto buscando facilitar para clientes além de permitir que as empresas que adquirirem o produto, possam desfrutar de todos os recursos possíveis.

Hoje, quando você licencia o System Center 2012 R2 você tem duas opções: Standard e Datacenter. Independente da versão escolhida, você vai ter acesso a todos os produtos que incluem:

– Operations Manager;
– Configuration Manager;
– Data Protection Manager;
– Service Manager;
– Virtual Machine Manager;
– Endpoint Protection;
– Orchestrator;
– App Controller;

O ponto mais importante até aqui é: Tudo isso acima está licenciado independete da escolha entre Standard e Datacenter. Bom, se tudo está licenciado, qual a diferença entre as opções?

A diferença entre Standard e Datacenter está no que você vai gerenciar. Mas antes de detalhar as diferenças, um ponto importante: Você precisa licenciar o System Center tanto para os servidores, como para as estações que você irá gerenciar. Neste primeiro post sobre licenciamento de System Center, vamos entender o licenciamento de servidores.

No caso de servidores, você irá utilizar o que chamamos de “Server Management License” ou SMLs. As SMLs, que podem ser Standard ou Datacenter, cobrem todos os servidores que são gerenciados pelo System Center. Porém a SML Datacenter é indicada para ambientes com grande número de Máquinas Virtuais, enquanto a Standard é recomendada para ambientes com poucas máquinas virtuais. As SMLs são adquiridas de acordo com o número de processadores físicos dos servidores que você está gerenciando e cada licença cobre 2 processadores físicos (Cores, Núcleos, HT não são levados em conta), veja um exemplo:

Se você tem um servidor gerenciado pelo System Center com 2 processadores físicos, você precisa de 1 SML.
Se você tem um servidor com 4 processadores, então você precisará de 2 SMLs.

Veja, porém que o exemplo acima não leva em conta o número de VMs que você tem em execução neste servidor. Esse é o segundo fator para determinar o número de licenças necessárias para seu ambiente. A SML Standard dá direito a 2 Máquinas Virtuais gerenciadas no servidor físico que você está gerenciando. Já a SML Datacenter dá direito a ilimitadas VMs no servidor que você está gerenciando com System Center. Logo, veja os exemplos abaixo:

Se você tem um servidor com 4 processadores e 8 VMs:
Com SML Standard você precisa de 4 SML.
Com SML Datacenter você precisa de 2 SML.

Se você tem um servidor com 6 processadores e 20 VMs:
Com SML Standard você precisa de 10 SML.
Com SML Datacenter você precisa de 3 SML.

Para ter mais informações sobre as formas de licenciamento do System Center, você pode acessar: http://www.microsoft.com/licensing/about-licensing/SystemCenter2012-R2.aspx#tab=2. Além disso, a recomendação sempre é entrar em contato com uma revenda Microsoft pois existem algumas formas de licenciamento de volume que tornam o processo ainda mais simples.

Espero que tenham gostado das dicas.

Fonte Microsoft e Admderedes.System-Center-2012-R2

Fonte
Até mais!

Novidades via inbox

Fique por dentro no meu Boletim digital toda semana um conteúdo novo

Leave A Comment